Enter your email address to receive our newsletter

* indicates required
In St. Barths, I am interested in :
St. Barths Online

Cidades Históricas

Gustavia

Gustavia São Bartolomeu

Cidade antiga com sotaque escandinavo. Lugar ideal para fazer suas compras isentas de taxas. Saint-Jean é a uma das ilhas mais turísticas e urbanizadas. Próxima do aeroporto , St.Jean é composta de duas extensas praias de areia branca que revestem o fundo da baia que tem o mesmo nome.

Gustavia São Bartolomeu

Gustavia possui a forma de uma ferradura ao redor de um canal bem protegido e guardado por quatro fortes hoje em ruínas. Atualmente, Gustavia mostra claramente a sua vocação portuária qua foi a sua razão de ser histórica. Chamado porto de Carénage nas primeiras horas de sua colonização , rebatizado pelos Suécos em homenagem ao rei Gustav III da partir de 1785. Gustavia sempre foi um centro de abastecimento e de intercâmbios comerciais, aparentando uma certa neutralidade. Mesmo durante as guerras coloniais, que destruiram o Caribe no fim do século XVIII, os Capitães podiam vender suas mercadorias de guerra, ao mesmo tempo reabastecer os seus navios. Localizada em torno de um Freeport, frequentado por navios com diversas bandeiras, os armazéns estavam sempre cheios de mercadorias, em uma cidade próspera de cerca de 5000 habitantes.

Gustavia São Bartolomeu

Gustavia São Bartolomeu

Gustavia São Bartolomeu

Gustavia conta hoje com um total de 3100 habitantes (dados do censo de 2005), continua voltada para seu seu porto conservando sua tradição de negócios herdada de seu passado. Armas, suprimentos e escunas carregados de gado em direção à Martinica, foram substituídos por veleiros, Iates ,produtos de alta tecnologia, luxo e beleza. Apesar de toda esta riqueza, Gustavia soube conservar seu charme e sua simplicidade; e os habitantes preocupados com seu patrimônio e seus interêsses, logo compreenderam que a autenticidade podia ser o máximo do luxo.

Gustavia São Bartolomeu

Gustavia São Bartolomeu

É sempre bom dar um passeio na cidade para apreciar as vitrines de grandes costureiros e joalheiros, o branco das habitações antigas construídas em madeira bem conservadas e elegantes casas coloniais hoje pertencentes aos órgãos administrativos ( Prefeitura, Delegacia e Tribunal de Justiça ). É agradável sentar-se em um terraço de café da moda em busca de um VIP, à procura de diversão ou caminhar à beira do cais, ao longo do cais vendo os Pelicanos, maravilhado como uma criança pela insolente beleza dos objetos de diversão dos milionários atracados em grande numero.

Gustavia São Bartolomeu

Do outro lado da baia, do lado oposto da Rue-du-Bord-de-Mer , onde a atividade principal é voltada para o turismo, Casa da Docas e sempre limitada pelo Wall House : testemunho das antigas docas que abriga um museu.( o único com Coquillage de Corossol)dedicado à história e a cultura de Saint-Barthélémy.

Gustavia São Bartolomeu

O charme desta Cidade-aldeia se deve ao seu habitat que nos faz relembrar a presença sueca: uma suntuosa igreja anglicana e sinos feitos em madeira e algumas casas de estilo holandês, pintadas com cores vivas facilmente reconhecidas pelos revestimentos de madeira horizontal e suas janelas em forma de guilhotina.

Em torno da vila, não deixaremos de passar nas trilhas rodeadas de cactos que partindo da estrada do aeroporto, nos conduz diretamente ao forte Gustave. Construído em 1787 pelos suecos, que se situa sobre uma montanha um pouco íngreme. Em meio a essas ruinas (muralhas, guaritas, almoxarifado, forno artesanal, etc.), nos levando a sonhar do alto do mirante com vista para a baía dos navios piratas. À uma distância curta e acessivel em poucos minutos pela estrada da colina Laurin, L’anse du Gouverneur dará aos amantes da natureza selvegem a visão de uma das mais belas praias da ilha, isolada e muito mais tranquila que a praia de Shell Beach, que fica mais próxima do centro da cidade.

Saint Jean

Esta baia que um dia foi protegida por corsários com uma bateria de canhões instalados no meio da mesma. O primeiro hotel a se instalar nesta ilha se chama Eden Rock, no ano de 1950. Construído por Remy de Haenen, aventureiro e um dos pioneiros da aviação no Caribe tornando-se prefeito de 1962-1977, este um dia frequentado por um M. Rockfeller que sem duvida alguma contribuiu fortemente para promover a ilha à clientela americana.

Saint Jean não é apenas um local de passagem, já que este bairro oferece além de suas boutiques de renome, casas magníficas, hotéis e restaurantes.
A entrada da pista do aeroporto Gustav III se-encontra uma bela praia. A parte que abrange a pista de aterrissagem tem acesso interditado.

Suntuosos hotéis de luxo, belas mansões escondidas em meio a florestas e jardins floridos. De St.Jean, você pode chegar em Gustavia, ou se dirigir à Lorient pela estrada costeira que tem uma paisagem maravilhosa.


Busque no site


Publicidade poderosa

Expandir o seu poder da publicidade com o # 1 em St. Barths.

Saiba mais »


 
patrocinadores oficiais